Pesquisar este blog

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

RELATO "AUTO-RETRÁTIL"

Às vezes me surpreendo
com a confiança demonstrada no meu bom senso,
com a força que as pessoas acham que tenho
e pros elogios pro que eu faço.
Não que não goste ou mereça,
apenas me surpreendo.
Me surpreendo com a ingenuidade dessas pessoas,
com sua devota fé nessa mentira deslavada,
nessa fachada séria porém tão ôca,
tão pobre e tão vazia.
Às vezes me surpreendo
com oferendas sinceras,
acenos e homenagens;
com os convites pras festas que recebo;
pras manifestações solidárias.
Não que não goste ou mereça,
apenas… Me surpreendo!
Me surpreendo com a cegueira dessas pessoas,
com sua crença num ídolo de pés de barro;
um fraco, um confesso, um vadio.
E sempre me surpreendo
com a influência que exerço;
consultas, palpites, pitacos
que as pessoas me pedem
como se bóia pra náufragos.
Sempre me surpreendo
com loas, discursos e abraços
dessas pessoas tão boas
iludidas nos seus desabafos;
portando suas esperanças
sobre uma estrutura de braços tão fracos.
E sempre me surpreendo,
mas não me revelo, não passo.
Manobro a multidão enlevada,
trato-a no maior embalo e com o maior respeito
pois vivo dos seus afagos.
[Adhemar - Santo André, 18/07/2008]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comment by Jeeh — Wednesday, 13 de August de 2008 (00:51:03)
Olá, passei aqui pra agradecer o seu comentario, amei te-lo em meu blog e achei super legal e atencioso da sua parte ter ido visitar minha outra pagina... Eu amo escrever, mas estou querendo inovar, usar uma linguagem mais natural e madura... hoje estou um pouco sem tempo (tenho mto sono) mas amanha passarei por aki de novo e darei toda atenção ao seu blog... kero explora-lo de todas as maneiras, me parece ser otimo! um beijo

Comment by Jeeh — Wednesday, 13 de August de 2008 (13:19:49)
ah, moxo pode deixar ke passo sim, dpois posso add seu blog nos meus favoritos? beiju