Pesquisar este blog

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

SOBRAS

A cabeça tão dolorida e preocupada
vai ficando quente e encanecida.
Uma situação meio forçada
e totalmente descabida.
A gente se conforma, é a vida.
É a caixa de ideais despedaçada;
muito pouco renovada e mais vendida,
às vezes dada por perdida e encontrada.
Se na situação mais delicada
deixa-se ficar como esquecida
ressurge de repente malcriada
dizendo palavrões, esbaforida.
Onde andava antes inibida
reforça a idéia pré-anunciada
que estava apenas só adormecida
mas jamais morrera entrevada.
E ora renasce alimentada
como se nunca houvesse nem nascido;
sempre esteve lá, bem arraigada
como sempre houvesse existido.
Por haver e ter sobrevivido
e por estar então entusiasmada,
essa penca de ideais tem um motivo
para manifestação mais declarada.
Manter a própria fé escancarada
mais absoluta e abusiva,
ultra-hiperbólica, exagerada,
convicta, inabalável, conclusiva.
Assim vibrante, ágil e ativa,
a caixa de ideais mal consertada
vai sobrevivendo - primitiva -
mas tornando a vida encantada…

[Adhemar - Santo André, 15/06/05]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Comentário por Noemí — sábado, 13 de setembro de 2008 (12:50:56)
Que bom a vida encantada. …
bjs