segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

PRECIPITAÇÕES

Muito tarde pra ficar,
muito cedo pra ir.
Numa tela azul de andino emoldurar,
atenções, calor, adeus, partir.

Muito ficou por ver,
outro tanto pra sentir;
ausência pra estabelecer
anuência pra não ir.

O amor está no ar,
no jeito tranquilo de ser;
alguém para acompanhar,
emoções pra desenvolver.

Na leveza insustentável do ser,
uma incerteza de Kundera.
Uma afinidade formada,
estrada pavimentada,
churrasco, sucos, videira,
vinho, sentimentos, mais nada.

Atravessando a estação feita ribalta
ou ajoelhados diante da imaculada
pedimos as bençãos de uma volta
breve, ligeira, encantada...!

[Adhemar - Santiago de Chile, 09/01/2015]

Estátua da Virgem Imaculada no Cerro San Cristobal (foto: SM)

Vista dos Andes a partir do restaurante Giratorio (foto: SM)

Escultura numa estação de metrô (foto: SM)

Museu de Arte Contemporânea (MAC), Santiago (foto: SM)

Edifício em frente ao MAC (foto: SM)

Nenhum comentário: