Pesquisar este blog

sexta-feira, 15 de maio de 2015

QUIRERA

É migalha, é fagulha,
é faísca, é minúcia.
É astúcia, é amostra,
é a tralha, angústia.

Grão de areia,
detalhe pequeno,
raio de luar,
gota de sereno.

A formiga, o pózinho,
um floco, a semente.
Lasquinha, restinho,
saquinho de alpiste.

Uma nesga, um teco,
um fiozinho, um pelo.
Um naquinho, um treco,
papelzinho, um selo.

Só um bocadinho,
só um pedacinho,
uma miniatura,
um pequeno mistério.

Micróbio, uma célula,
um átomo, um íon!
Pequenitude infinda
micro-mundo maquete!!!


[Adhemar - São Paulo, 31/01/2010]


Nenhum comentário: