sábado, 25 de julho de 2015

ETIQUETA

Pouco tempo, pouco espaço.
Uma amplitude sem jeito
em sua altura pouca de salto.
Vai de lado um "no entanto";
aquele detalhe de graça.

Nada custa, nada volta,
desce num pulo de mola.

Um óbolo acelerado,
um lançamento descalço.
Foi avante, foi em frente,
etiquetando produto;
espalhando cartazes,
respeitando seu luto.

De volta ao pouco espaço,
encerra a modesta campanha
numa taça espumante...


[Adhemar - São Paulo, 18/07/2011]

Nenhum comentário: