Pesquisar este blog

quarta-feira, 1 de julho de 2015

SAÍDAS

Ela nem se despediu.
Não cumprimentou, falou nada.
Levantou e saiu.

Por quais portas abertas,
onde há um caminho em cada,
apesar das rotas incertas.

Ela nem sabe aonde vai,
ou o por quê, ou o roteiro;
se fica em pé, ou se cai.

Sem saber quais trilhas seguir,
pavimentadas inteiro,
indicações hão de vir...?

Ela desapareceu...
Inspiração, sua ingrata!
Me abandonou e morreu...


[Adhemar - Santo André, 26/09/2013]

Um comentário:

Adh2bs disse...

Pode crer.