domingo, 2 de agosto de 2015

MÁRMORE

Delírios e vertigens
emoções flutuantes
etéreas viagens
coloridos fascinantes

Equilíbrio e tontura
realidade e sonho
fusão alva-escura
de humor risonho

Movimento que cessa
sonoridade que acalma
emoções sem pressa
impressas na alma

Vertigens e delírios
vestígios e miragens
admiráveis martírios
admiráveis visagens

Posição recomposta
da paisagem sumida
sem nenhuma amostra
da ideia desaparecida...

Imaginação apagada,
alma adormecida...


[Adhemar - São Paulo, 31/08/2012]

Nenhum comentário: