Pesquisar este blog

domingo, 9 de setembro de 2018

LÁ VAI...

Aqui estou, refém de um diema:
analisando o teu pedido
e te fazendo de tema.

Aqui estou refletindo se é um problema:
ando meio aturdido,
acho que é culpa do sistema.

Estou aqui feito um palerma
e todo muito confundido
feito um enredo de cinema...

Estou aqui fazendo cena,
meio tímido, muito inibido,
procurando forma amena...

Estou aqui, sem lei nem lema,
meio que oferecido
apresentar-te este poema.

Aqui estou, ora presente,
feito Vinícius em Ipanema,
pra confessar, adolescente,
que esta poesia é pra você... Madalena!


P/ I.N.
[Adhemar - São Paulo, 12/09/2007]

Já foi...

Escrito para uma... saudade da adolescência despertada então. No original consta o nome real.

Adhemar - 09/09/2018.

Nenhum comentário: